Domingo, 4 de Outubro de 2009

Anedotas Fernando Rocha

Uma mulher ao passar numa loja de animais e ao ver um papagaio, fica com vontade de também ter um em casa. Entrou e comprou um. Quando estava a dar-lhe a gaiola com o novo papagaio, o vendedor disse: - Olhe, tenho que a advertir que este papagaio pertencia a uma dona de um bordel, e de vez em quando ele diz algumas asneiras. - Não faz mal. Levo-o na mesma - pensando ela atendendo ao baixo preço que pagou. O papagaio chega à nova casa e diz: - Casa nova, dona nova. A mulher acha divertido. Algum tempo depois, chegam as duas filhas adolescentes da escola. O papagaio diz: - Casa nova, dona nova, put.. novas. Inicialmente ofendidas, as miúdas acabam por se rir. Mais tarde, chega o marido. O papagaio diz: - Casa nova, dona nova, put.. novas, clientes velhos. Olá, Zé!

publicado por Odracir às 23:14
link do post | comentar | favorito

.pesquisar

.arquivos

. Abril 2016

. Julho 2014

. Agosto 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. todas as tags

.links