Quinta-feira, 28 de Agosto de 2008

Anedotas: A viagem a Lisboa

Um grupo de alentejanas decidiu fazer uma viagem à capital. Quando iam em plena auto-estrada duas delas dirigem-se ao motorista e dizem-lhe :

"Sr. motorista, estamos aflitas p'ra fazer xixi, tem de parari imediatamente".

O homem responde :

"Minhas senhoras, é impossivel parar, estamos na auto-estrada , paramos depois numa estação de serviço. "

" Nem pensar, pari já ou mijamo-nos todas ".

O motorista andou até que viu um pequeno caminho de terra, no Pombal que ia dar a um cemitério e meteu por ali. As senhoras sairam a correr, entraram no cemitério e quando lá chegaram uma delas já estava toda mijada e deixou lá as cuecas, a outra com a pressa rebentou o elastico das cuecas mas viu um fio num ramo de flores e atou-o á volta das cuecas. Passaram-se dias depois deta viagem, encontraram-se os maridos e comenta um deles para o outro :

" Compadri, mulher minha na volta a Lisboa, atão não é que voltou sem cuecas ? ".

diz o outro :

" Pior foi a minha que trazia escito " ETERNA SAUDADE DOS AMIGOS DO POMBAL"

publicado por Odracir às 17:09
link do post | comentar | favorito

.pesquisar

.arquivos

. Abril 2016

. Julho 2014

. Agosto 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. todas as tags

.links