Segunda-feira, 7 de Julho de 2008

Anedotas: A Gravata

Um viajante em dificuldades no deserto escaldante pediu água a um indivíduo que passava.
        - Desculpe - disse o outro. - Água não tenho, mas tenho umas gravatas muito bonitas que estou a levar para o mercado.
        O viajante cambaleou através do deserto e encontrou outro homem.
        - Água! - gritou, sufocado. - Por favor, dê-me água.
        - Não tenho água - foi a resposta. - Só estas gravatas.
            Quase morto de sede, o viajante encontrou um terceiro homem, mas ele também levava gravatas para o mercado. O desventurado viajante ia trôpego, até que , para sua surpresa, viu um grande hotel à distância.
        Arrastando-se até à entrada, gritou:
        - Por favor, pelo amor de Deus, dê-me água !
        - Desculpe, meu caro senhor - respondeu o porteiro. - Não deixamos entrar ninguém sem gravata.

publicado por Odracir às 13:00
link do post | comentar | favorito

.pesquisar

.arquivos

. Abril 2016

. Julho 2014

. Agosto 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. todas as tags

.links